11 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

GOIÂNIA

02 de Junho de 2022, 10h:17 - A | A

VARIEDADES / APÓS CHORO NA INTERNET

Prefeitura troca Gusttavo Lima por Simone e Simaria após polêmicas

NICOLE VASQUES
BHAZ



O portal de transparência da Prefeitura de Conceição do Mato Dentro, na região Central de Minas, divulgou mais atrações que devem se apresentar na 30ª Cavalgada do Jubileu do Senhor Bom Jesus Do Matozinhos. Entre elas está a dupla Simone e Simaria, que marcará presença no evento pelo cachê de R$ 520 mil.

O evento tradicional, que ocorre entre 17 e 23 de junho, vem causando polêmicas desde o final do mês passado por conta dos contratos milionários oferecidos aos artistas, incluindo Gusttavo Lima. O show do sertanejo custaria R$ 1,2 milhão aos cofres municipais, mas foi cancelado.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Além das sertanejas, também foram confirmados como atrações pagas Padre Alessandro Campos e Banda, por R$ 162 mil, Boris Furman por R$ 26 mil, Parada Quente R$ 12 mil e o cantor Henrique Romero por RS 10 mil. O BHAZ procurou a Prefeitura de Conceição do Mato Dentro e aguarda posicionamento referente aos shows. A matéria será atualizada tão logo o retorno seja recebido.

Prestação de contas
Nessa segunda-feira (30), o Ministério Público de Contas confirmou que vai investigar possíveis irregularidades nos contratos com os artistas. A “CPI do Sertanejo” tem dado o que falar, já que os shows seriam pagos por meio de recursos foecidos por mineradoras. Toda a polêmica estourou após uma declaração de Zé Neto, da dupla com Cristiano, durante um show no Mato Grosso (relembre aqui).

O MP solicitou que a prefeitura do município encaminhe uma cópia de todos os contratos, aditivos e comprovantes de pagamento de todas as despesas investidas no evento. Por meio de vídeo divulgado nas redes sociais nesse sábado (28), o prefeito Zé Fernando (MDB) disse que a cavalgada foi envolvida “em uma guerra político-partidária que não tem nada a ver conosco, com nossa festa”.

De acordo com a prefeitura, a cavalgada atrai turistas “de todas as idades e de várias partes de Minas Gerais e do Brasil”. “A administração não permitirá o envolvimento da Prefeitura em questões que não representam o município e nem as festividades da cavalgada, que celebram, sobretudo, o amor entre as pessoas e não o ódio que estão tentando disseminar”.

Shows seriam pagos pela CFEM
Ainda de acordo com a administração municipal, os shows seriam pagos por meio de recursos da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM). Essa verba é paga por mineradoras “como contraprestação pela utilização econômica dos recursos minerais em seus respectivos territórios”.

Mas, de acordo com o portal da ANM (Agência Nacional de Mineração), os recursos da CFEM só podem ser utilizados “em projetos, que direta ou indiretamente revertam em prol da comunidade local, na forma de melhoria da infraestrutura, da qualidade ambiental, da saúde e educação”.

Em função de toda a polêmica envolvendo seu nome, Gusttavo Lima fez uma live e desabafou, defendendo-se das acusações de irregularidades. O sertanejo falou que estava com vontade de “sumir” e assumiu estar cansado. “Ultimamente, eu venho levando tanta pancada. E venho aguentando calado tudo isso”, disse o artista em trecho do desabafo.

No final, Gusttavo Lima disse que é 100% correto com as coisas dele e está à disposição para quaisquer tipos de esclarecimentos. “Eu já trabalho para c**** para ter o meu dinheiro, eu não quero dinheiro do povo […] De coração, eu juro para vocês que estou cansado, estou a ponto de jogar a toalha”, completou.

 Fonte:https://bhaz.com.br/noticias/variedades/apos-dispensar-gusttavo-lima-conceicao-do-mato-dentro-confirma-show-de-simone-e-simaria-por-r-520-mil/

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao