15 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

GOIÂNIA

30 de Maio de 2022, 16h:43 - A | A

VARIEDADES / CONHEÇA OS RISCOS

Os perigos de lavar o frango antes de cozinhá-lo



Muitas pessoas acham que devem lavar o frango antes de cozinhá-lo. Trata-se de um erro comum e que aumenta o risco de intoxicação alimentar.

A Agência de Normas Alimentares do Reino Unido (FSA, na sigla em inglês) advertiu há muito tempo que lavar o frango antes de cozinhar aumenta o risco de espalhar a bactéria Campylobacter nas mãos, superfícies, roupas e utensílios de cozinha pelo respingo de gotas de água.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

No entanto, muitas pessoas continuam a cometer o mesmo erro.

Quando se lava o frango, a água acaba espirrando ao redor. Dessa forma, as bactérias podem acabar entrando em nosso corpo através, por exemplo, de uma faca que esteja perto da pia.

Ainda assim, segundo a FSA, 44% das pessoas no Reino Unido lavam o frango antes de cozinhar. Os motivos mais citados para fazê-lo são para remover sujeira ou germes, ou simplesmente por hábito.

A enterite (inflamação da mucosa do intestino delgado) por Campylobacter é uma das causas mais comuns de intoxicação alimentar.

Geralmente, a infecção ocorre devido ao consumo de aves mal cozidas, vegetais frescos ou leite não pasteurizado.

Essa bactéria se espalha pela ingestão de alimentos infectados e pode causar diarreia, dor abdominal, febre, náusea e vômito.

Sequelas de infecção
A maioria das pessoas fica doente apenas por alguns dias, mas a infecção pode causar problemas de saúde a longo prazo.

A síndrome do intestino irritável (SII ou IBS, em inglês) e a síndrome de Guillain-Barré, que ataca o sistema nervoso periférico, são algumas das condições que as pessoas que contraíram a bactéria podem desenvolver posteriormente.

A contaminação por Campylobacter também pode levar à morte. As pessoas em maior risco são crianças e adultos mais velhos.

Normalmente, o tratamento para uma infecção por essa bactéria consiste em beber bastante água e ingerir pequenas porções de comida ao longo do dia, em vez de grandes quantidades no café da manhã, almoço e jantar, com alimentos ricos em potássio.

No entanto, cada caso pode variar, por isso é sempre recomendável procurar um médico.

Fonte:https://www.bbc.com/portuguese/geral-61635682?xtor=AL-73-%5Bpartner%5D-%5Bflipboard%5D-%5Bheadline%5D-%5Bbrazil%5D-%5Bbizdev%5D-%5Bisapi%5D

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao