28 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

22 de Outubro de 2021, 08h:30 - A | A

POLÍCIA / PF FAZ VARREDURA

Viúva de bandido que invadia bancos é alvo de operação por lavagem de dinheiro

Segundo as investigações, ela usou dinheiro dos crimes para comprar casas em Anápolis; membro da organização criminosa morreu em confronto durante tentativa de roubo.

WELLYNGTON SOUZA
DA REDAÇÃO




A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (22) a Operação Registro, com o objetivo de combater o crime de lavagem de dinheiro que teria sido cometido pela viúva de um ex-membro de organização criminosa especializada em roubo a banco, no estilo conhecido como “Velho Cangaço”.

Policiais federais deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão, na cidade de Cabrobó/PE, além do sequestro judicial de duas casas, avaliadas em mais de R$ 1,5 milhões. A polícia informou que um dos membros morreu em 2017 em Minas Gerais, durante uma tentativa de roubo a banco.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

As medidas foram expedidas pela 1º Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa e de Lavagem ou Ocultação de Bens, Direitos e Valores de Goiânia/GO.

De acordo com as investigações, a esposa do suspeito estaria adquirindo imóveis em Anápolis/GO, para ocultar a origem dos valores oriundos de crimes praticados pelo grupo. O autor dos roubos a bancos morreu em confronto com as Forças Policiais de Minas Gerais.

Está sob apuração o crime de “lavagem" ou ocultação de bens, direitos e valores, previsto na Lei nº 9.613/98, com pena de reclusão de três a dez anos e multa.

(Com assessoria)

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao