28 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

15 de Outubro de 2021, 08h:20 - A | A

POLÍCIA / SENADOR CANEDO

Servidora pública denuncia ter sido agredida e enforcada pelo namorado

Homem não foi preso por não ter sido detido em flagrante; caso é investigado pela Polícia Civil

DA REDAÇÃO




Uma servidora pública de 22 anos denuncia ter sido agredida e enforcada pelo companheiro, em Senador Canedo. A discussão teria acontecido em um carro.

Segundo o boletim de ocorrência, o suspeito estava dirigindo quando começou a esfregar com força uma das mãos no rosto da vítima. Logo depois, começou a enforcá-la.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

A delegada Thaynara Andrade, responsável pelo caso, informou que não houve flagrante e, por isso, o homem de 35 anos não foi preso. Testemunhas serão ouvidas e o suspeito será intimado a depor.

A vítima foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo de delito e medidas protetivas foram solicitadas a seu favor.

De acordo com a jovem, a briga aconteceu no último sábado (9), após um evento da prefeitura onde os dois são servidores. Ela contou que, para impedir o enforcamento, estragou o relógio do companheiro. Irritado, ele parou o carro e o jogou o celular da vítima pela janela.

Ainda segundo a vítima, as agressões continuaram na casa do companheiro. No local, ele a pegou pelo pescoço e a levantou do chão, quando começou a insultá-la. Depois, em um momento de reação, a jovem partiu para cima dele, que a empurrou. No momento em que ela caiu no chão, ele continuou o enforcamento.

A servidora conta que não é a primeira vez que é agredida pelo homem. Em relato à polícia, ela contou que no dia 3 deste mês o homem ingerido bebidas alcoólicas e a agrediu verbalmente na casa de amigos do casal. Isso porque ela teria se recusado a entregar o celular para ele.

No mesmo dia, ao chegar em casa, ele teria partido para agressão física. A vítima, no entanto, a jovem não foi ao médico e não registrou a ocorrência na polícia.

Em nota, a Prefeitura de Senador Canedo disse que repudia qualquer tipo de violência e o servidor público será afastado de suas funções até que os fatos sejam apurados.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao