19 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

26 de Julho de 2022, 07h:29 - A | A

POLÍCIA / DISCUSSÃO FATAL

Professora é espancada com barra de ferro e morta a facadas pelo namorado

Ocorrência foi registrada no fim da manhã dessa segunda-feira (25), quando o corpo de Elenice Pereira foi encontrado na casa de José Edilson, em Uruaçu

MÁRIO ANDREAZZA
REDAÇÃO G5



A professora Elenice Pereira Salgado, 35 anos, foi encontrada morta, com graves evidências de violência, na casa do namorado, José Edilson de Souza Alves Miguel, 44 anos, no fim da manhã dessa segunda-feira (25) no Setor Aeroporto, em Uruaçu (280 km da Capital).

José teria espancado a professora com uma barra de ferro e assassinado a golpes de faca. Serviço de resgate foi acionado, mas os socorristas apenas constataram a morte da vítima.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Polícia Militar (PM) isolou o endereço e comunicou o fato à Delegacia de Polícia Civil e Polícia Técnico-Científica (PTC), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

De acordo com as primeiras informações o casal teria histórico de violência no relacionamento. Há cerca de dois meses, Elenice teria chegado a ir na Delegacia da Mulher pedir ajuda, porém, decidiu não registrar a ocorrência e nem pedir medida protetiva.

Testemunhas relatam que no domingo (24) o casal teria tido uma discussão séria, quando o acusado teria assassinado a namorada, abandonado o corpo na casa dele e foragido.

Leia mais

Grávida é encontrada morta em casa ao lado de bebê

Homem arrasta esposa grávida pelos cabelos e leva surra da sogra

Mulher marca encontro com ex e mata a tiros com ajuda do irmão e do namorado

Numa ação rápida da das polícias Civil e Militar foi verificado que José poderia estar a caminho da Paraíba, seu estado de origem. De tal modo, por meio do Serviço de Inteligência, foi comunicado à Polícia Rodoviária Federal (PRF), que abordou, identificou e prendeu José no estado do Piauí, onde ele segue detido e à disposição da Justiça.

Ainda não há informações oficiais sobre a causa da briga e a motivação para o feminicídio.

Os peritos analisaram as condições em que o corpo de Elenice foi encontrado na casa do namorado, brutalmente agredido, e o perímetro da casa para coletar evidências que determinem as circunstâncias do feminicídio e comprovem a materialidade do crime.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia, que vai determinar a causa clínica da morte antes de a vítima ser liberada para os procedimentos fúnebres junto à família.

Caso segue em investigação.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao