27 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

29 de Julho de 2021, 08h:29 - A | A

POLÍCIA / "OPERAÇÃO PAIDEIA"

Prefeito é preso por mostrar partes íntimas para menores; 6 vítimas denunciam

A Operação Paideia foi deflagrada após seis vítimas procurarem o Ministério Público; crimes foram cometidos em São Simão e Goiânia

DA REDAÇÃO




O Ministério Público de Goiás (MP-GO) e a Polícia Civil deflagraram hoje a Operação Paideia, para cumprimento de três mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva em São Simão e em Goiânia, como desdobramento de apuração envolvendo crime contra a dignidade sexual de menor.

Segundo informações do G1 Goiás, o prefeito de São Simão, Francisco de Assis Peixoto (PSDB), chegou a fazer videochamadas para um menor, seu filho, e mostrou as partes íntimas. Após a denúncia, outras vítimas procuraram o Ministério Público para denunciar.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

A assessoria de imprensa de São Simão emitiu nota em que afirma que as acusações são "infundadas" e que os fatos serão esclarecidos ao longo das investigações.  

Em razão de os supostos crimes envolverem menores, o processo corre em segredo de justiça. Detalhes do caso só poderão ser divulgados após a conclusão das investigações. Todos os mandados, expedidos pela Vara Judicial de São Simão, foram cumpridos. Participaram da operação 4 promotores de Justiça, 4 delegados da Polícia Civil e 12 policiais civis. O Centro de Inteligência do MP-GO apoiou a operação.

Paideia é um termo do grego antigo, que procura sintetizar a noção de educação na sociedade grega clássica. O termo tem relação com a educação voltada para as crianças, referindo-se à educação familiar, bons modos e princípios morais. (Texto: João Carlos de Faria/Assessoria de Comunicação Social do MP-GO)

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao