11 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

GOIÂNIA

30 de Maio de 2022, 13h:17 - A | A

POLÍCIA / VEJA VÍDEO

PM atira e mata Pitbull durante ataque em estacionamento

Ocorrência foi registrada na manhã desse sábado (28), em Mambaí, mas a dona do cão morto e o PM foram ouvidos nesta segunda-feira (30) na delegacia.

MÁRIO ANDREAZZA
REDAÇÃO G5



Câmeras de segurança de um estacionamento, em Mambaí (500 km da Capital), registraram o momento em que um policial militar, nome não divulgado, matou um Pitbull a tiro para impedir que o animal matasse outro cão, de menor porte, durante ataque na manhã desse sábado (28).

De acordo com a dona do Pitbull, em depoimento na Delegacia de Polícia Civil nessa segunda-feira (30), ela chegou em casa após uma viagem, estava brincando com o cão, mas ele conseguiu escapar para rua. Ela foi atrás dele, mas o animal estranhou outro cachorro e começaram a brigar.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Ressalta que tentou separar, mas como não conseguiu, foi em casa pegar a coleira para prender, mas quando voltou, não encontrou o seu cachorro e testemunhas teriam relatado que um PM atirou no animal e levou embora.

Já o policial explica que passava de viatura pela região e se deparou com o Pitbull atacando o outro cão, momento em que estacionou, se aproximou e entendeu que a única alternativa para cessar o ataque era atirar. Em seguida, pegou o animal morto e jogou no lixão da cidade.

As imagens mostram o momento em que o PM estaciona a viatura, se aproxima dos cães brigando, saca a arma, e atira no Pitbull. O cachorro cai, o outro foge e o vídeo termina com o militar analisando o cão morto.

O delegado Alex Rodrigues disse está analisando as imagens para entender as circunstâncias da situação e que ainda é cedo para tirar conclusões.

“Ele [o policial] alegou que o cachorro que morreu é da raça Pitbull, estava agredindo outro, e ele não viu outra opção de cessar a agressão, a não ser atirar no cachorro. Depois de analisar as imagens, vamos ver se houve excesso ou não por parte do policial”, contou o delegado.

Caso segue em investigação.

Leia mais

Criança de 4 anos é atacada por dois Rottweilers na casa da babá

Casal joga cão em córrego de Goiânia após veterinário negar eutanásia; veja vídeo

Dupla em moto pega cadela na rua e corta pata com facão

Veja o vídeo

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao