13 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

GOIÂNIA

25 de Julho de 2022, 07h:51 - A | A

POLÍCIA / VIZINHOS ACIONARAM A PM

Pais são flagrados escondendo corpo de bebê em casa

Ocorrência foi registrada na noite desse domingo (24) no bairro Marolina, em Itumbiara, onde a irmã gêmea do bebê morto foi encontrada em situação de desnutrição

MÁRIO ANDREAZZA
REDAÇÃO G5



Denúncia de vizinhos levaram a Polícia Militar (PM) a flagrar um bebê, de apenas 4 meses, morto dentro de casa junto dos pais na noite desse domingo (24) na Rua Mercedes Martins, bairro Marolina, em Itumbiara (209 km da Capital). Casal foi preso e encaminhado à delegacia.

A suspeita é de que o bebê tenha sofrido uma queda ou violência doméstica.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Irmã gêmea do bebê encontrado morto foi encontrada em situação de desnutrição, foi levada para o hospital, onde recebeu atendimento de primeiros socorros, foi amamentada e deixada aos cuidados da avó materna, que tem guarda compartilhada dos netos, já que a mãe das crianças, supostamente, seria usuária de drogas.

De acordo com as primeiras informações, vizinhos teriam denunciado o bebê morto na casa dos acusados. Os militares deslocaram ao endereço, onde constataram um bebê morto e outro em situação de maus-tratos.

A PM deteve o casal e comunicou o fato à Delegacia de Polícia Civil e Polícia Técnico-Científica (PTC), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

Leia mais

Bebê de 1 ano morre ao dar entrada em hospital com sinais de estupro

Mãe dorme enquanto manda mensagens no celular e bebê morre afogado

Os militares ainda questionaram o porquê de a mãe da criança não ter acionado o resgate e a polícia para comunicar a morte do bebê, mas ela não respondeu.

Os peritos analisaram as condições em que o corpo foi encontrado e o perímetro da casa para coletar evidências que determinem as circunstâncias e causas da morte. Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia.

O casal foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde prestaram esclarecimentos ao delegado de plantão e a autoridade vai verificar a responsabilidade dos acusados, que podem ser liberados, porém, podem ser indiciados por homicídio culposo ou doloso.

Caso segue em investigação.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao