11 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

GOIÂNIA

30 de Maio de 2022, 06h:00 - A | A

POLÍCIA / SUSPEITA DE HOMICÍDIO

Mulher morre queimada em forno de carvão em Goiás

Ocorrência foi registrada no início da tarde desse sábado (28) numa carvoaria localizada a 12 km do Distrito de Buritizinho, em Orizona.

MÁRIO ANDREAZZA
REDAÇÃO G5



Ilda Rodrigues da Silva, 40 anos, morreu carbonizada enquanto retirava carvão do forno em uma carvoaria, localizada a 12 km do Distrito de Buritizinho, em Orizona (137 km da Capital).

O marido da vítima encontrou a mulher com parte do corpo dentro do forno no início da tarde desse sábado (28), quando pediu ajuda a moradores da região, que acionaram o Batalhão da Polícia Militar Rural (BPMRural) com a informação de incêndio na carvoaria e morte de uma mulher.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Os militares verificaram o encontro de cadáver e comunicou à Delegacia de polícia Civil e Polícia Técnico-Científica (PTC), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

A testemunha relatou que estava com a mulher na carvoaria, mas saiu para buscar água num córrego da região e quando voltou encontrou a vítima com parte do corpo dentro do forno. Ressalta que tentou tirar, mas não conseguiu e saiu para pedir ajuda.

Leia mais

Homem executa ex com tiro na cabeça, foge e se mata em rodovia

Homem “descobre” amante, mata namorada a facadas e é preso tentando executar o rival

Namorado esquarteja travesti e esconde corpo debaixo do sofá de casa

Os peritos analisaram as condições em que o corpo foi encontrado e o perímetro da carvoaria para coletar evidências que determinem as causas e circunstâncias do fato.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia antes de ser liberado para os procedimentos fúnebres.

Os investigadores acompanharam os trabalhos da perícia e coletaram informações preliminares para dar início ao inquérito da morte de Ilda.

Caso seque em investigação e um possível homicídio ainda não é descartado.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao