07 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

GOIÂNIA

14 de Julho de 2022, 09h:37 - A | A

POLÍCIA / EM INVESTIGAÇÃO

Leilão de gado termina com pecuarista executado a tiros em Goiás; veja vídeo

Ocorrência foi registrada na noite de terça-feira (12) em Rubiataba, no estacionamento do evento promovido pelo Sindicato Rural de Rubiataba

MÁRIO ANDREAZZA
REDAÇÃO G5



O pecuarista Willian Antônio de Souza, 43 anos, foi executado a tiros durante leilão de gado promovido pelo Sindicato Rural de Rubiataba (204 km da Capital) na noite dessa terça-feira (12).

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu à ocorrência, prestou socorro ao pecuarista, tentou manobras de reanimação por cerca de 30 minutos, mas a vítima não respondeu e teve a morte constatada no estacionamento do leilão.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

A equipe médica verificou que o corpo de William tinha perfurações no peito, cabeça, ombro, e um no antebraço esquerdo.

Polícia Militar (PM) isolou o local e comunicou o fato à Delegacia de Polícia Civil e Polícia Técnico-Científica (PTC), responsáveis pelos procedimentos de perícia e investigação técnica.

De acordo com as primeiras informações, Willian era morador de Uruana (48 km da Rubiataba) e estava em Rubiataba para participar do leilão e comprar bois. No entanto, foi executado a tiros no estacionamento do evento.

O leilão era transmitido ao vivo pela internet, porém, quando os organizadores e compradores ouviram tiros do lado de fora, o evento foi interrompido.

Ainda não há informações sobre a motivação do homicídio e identidade do assassino, apenas o relato de testemunhas que disseram que o acusado fugiu a pé do local.

Policiais militares saíram em patrulhamento pela região em busca do assassino, mas ele não foi localizado.

Os peritos analisaram as condições em que o corpo foi encontrado e o perímetro para coletarem evidências que apontem as circunstâncias do homicídio e ajude a identificar o acusado.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia.

Os investigadores acompanharam os trabalhos da perícia, ouviram testemunhas e deram início à apuração do caso, registrado como homicídio doloso, quando há intenção de matar.

Internautas que acompanhavam o leilão pela internet chegaram a escutar os barulhos dos tiros e, em seguida, a transmissão foi encerrada.

Veja o vídeo

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao