26 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

13 de Outubro de 2021, 09h:15 - A | A

POLÍCIA / "EU SOU A FEDERAL, DESGRAÇADO"!

Jornalista goiana surta em MT, joga bebida na cara de PM e é presa; veja vídeo

De acordo com dados do sistema da Polícia Militar, Nildes Souza tem 22 passagens por diversas denúncias entre elas ameaça, lesão corporal, perturbação e injúria.

WELLYNGTON SOUZA
DA REDAÇÃO




A jornalista Nildes Souza, 37 anos, foi presa na madrugada de terça-feira (12) após jogar bebida alcoólica no rosto de um policial militar e o chamá-lo de "merda". O caso ocorreu em um bar localizado na Praça Popular região nobre de Cuiabá, Capital de Mato Grosso.

Nildes é natural do município de Bela Vista de Goiás (52 km de Goiânia), mas atualmente mora em Bom Jesus do Araguaia (849 km da Capital mato-grossense). Na cidade, ela já trabalhou como diretora de departamento da prefeitura municipal, conforme dados publicados em sua rede social.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Em vídeo que circula nas redes sociais é possível ver o militar conversando com ela no estabelecimento, quando em dado momento, a mulher, visivelmente embriagada joga bebida no rosto do oficial. Em seguida, ele pula a grade do estabelecimento e corre atrás da mulher.

Outros militares entram no local para prender a acusada, mas acabam sendo agredidos. Ainda conforme as imagens, a agressora ameaça os militares.

"Seus policiais de merda. eu sou a federal, eu sou a federal", gritava.

Os militares então conseguem imobilizar a mulher  algemr. Nildes foi encaminhada à Central de Flagrantes.

LEIA MAIS

Mulher joga garrafa, xinga PMs de merda e ameaça

Ficha longa

Após ser presa, a Polícia Militar informou que Nildes tem 22 passagens na polícia. Ela responde por ameaça, lesão corporal, perturbação e injúria. Além disso, constam outros delitos como preservação de direito, atrito verbal, constrangimento ilegal e vias de fato.

A PM negou que haja qualquer ligação dela com algum policial, pois, há rumores de que o PM agredido seria ex-marido da agressora.

O caso foi entregue à Polícia Judiciária Civil.

LEIA MAIS

Mulher que jogou bebida em PM tem 22 passagens criminais

Jornalista deixa prisão, mas usará tornozeleira

Nildes foi solta por decisão da juíza Ana Graziela Vaz de Campos Alves Corrêa, plantonista deste feriado no Judiciário. Para ganhar liberdade, ela teve que pagar fiança de um salário mínimo, em duas parcelas, e terá que usar tornozeleira eletrônica por 90 dias. A mulher foi autuada por crime de desacato à autoridade e agressão ou ameaça a funcionário público.

A decisão da magistrada foi contra o pedido do Ministério Público Estadual (MPE) que solicitou que a prisão temporária fosse convertida em preventiva, ou seja, sem data para revogação. O MP afirmou que os crimes ultrapassam, caso seja condenada, os quatro anos de prisão, além de possuir 22 passagens na polícia.

A defesa refutou a prisão alegando que a Nildes tem endereço fixo, trabalho e é mãe de dois filhos menores de 12 anos.

LEIA MAIS

Jornalista presa por jogar cerveja no rosto e xingou de PM de merda paga fiança e fica livre da cadeia 

Veja vídeo da confusão

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao