19 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

13 de Julho de 2022, 12h:47 - A | A

POLÍCIA / IMAGENS FORTES; VEJA

Homem que ateou fogo em casa e matou esposa e filho queimados deixou faca cravada no peito da mulher

O assassino foi indiciado pela polícia pelos crimes de feminicídio, em relação à mulher, e por homicídio qualificado, em relação à criança. Além da tentativa de destruição dos cadáveres.

MÁRIO ANDREAZZA
REDAÇÃO G5



Homem identificado pelas iniciais M. A. S, acusado pela morte brutal da esposa Eliete Carvalho de Jesus, 30 anos, e Davi Carvalho da Silva, de apenas 2 anos, encontrados carbonizados após incêndio em casa, no Setor Aeroporto, em São Domingos (642 km da Capital), no início da manhã do dia 21 de maio, foi indiciado pelo crime de feminicídio, em relação à mulher, e por homicídio qualificado, em relação à criança. Além da tentativa de destruição dos cadáveres.

Inicialmente, o caso se apresentou como hipótese de incêndio acidental em residência, com duas vítimas fatais. Porém, durante exame de corpo de delito, realizado ainda no dia dos fatos, constatou-se que, em verdade, se tratava de duplo crime de homicídio.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

O fato começou a ser descoberto assim que os corpos chegaram para exame de necropsia no Instituto Médico Legal (IML), onde os legistas identificaram que uma das vítimas estava com uma faca cravada no peito, constatando prova de homicídio e descaracterizando “acidente”.

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia de Polícia de São Domingos, concluiu inquérito e entregou aos cuidados do Ministério Público (MP), que vai analisar todas as provas e evidências para que o acusado seja denunciado à Justiça.

Leia mais

Polícia prende homem por causar incêndio e matar esposa e filho queimados

Veja quem são mãe e filho que morreram carbonizados dentro de casa

Celular “explode”, casa pega fogo, mulher e filho de 2 anos morrem queimados

Homem é preso suspeito de incendiar casa da ex com a filha dentro

Entenda o caso

Incêndio, inicialmente, foi tratado como “acidental”, já que a primeira hipótese é de que o fogo teria começado em um curto causado após um celular, que carregava em cima de um sofá da sala, explodir. Porém, novas evidências, inicialmente não divulgadas pela polícia, apontam para o envolvimento do acusado como responsável pelas mortes da esposa e do filho.

No dia do fato, Corpo de Bombeiros foi acionado, mas, como São Domingos não tem corporação, o batalhão mais próximo fica em Campos Belos, a 90km do município, e não daria tempo de esperar.

De tal forma, enquanto era aguardado o resgate, os próprios vizinhos começaram a trabalhar para apagar as chamas usando água das próprias casas. As testemunhas conseguiram acabar com o incêndio e evitou que todo imóvel fosse destruído, mas Eliete e Davi foram atingidos e morreram queimados dentro de casa.

Quando a equipe de bombeiros chegou foi realizado apenas trabalho de rescaldo, paras evitar que focos dessem reinício às chamas, e a remoção dos corpos das vítimas.

Polícia Militar (PM) isolou o perímetro da casa e comunicou o fato à Delegacia de Polícia Civil e Polícia Técnico-Científica (PTC), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

Evidências colhidas pela perícia e o andamento das investigações levaram à prisão do acusado três dias após o registro da ocorrência.

Veja vídeos

 

Álbum de fotos

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao