15 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

GOIÂNIA

03 de Junho de 2022, 14h:59 - A | A

POLÍCIA / TERROR DA VILA ALZIRA

Homem cerca, xinga e estupra mulheres na saída de academias em Aparecida

Acusado foi localizado e preso nessa quinta-feira (02), em Aparecida de Goiânia. Moradores da região do bairro Vila Alzira faziam denúncias à polícia desde o início do ano.

SUELY CARVALHO
REDAÇÃO G5



Tarado de 25 anos, nome não divulgado, acusado de quatro estupros contra mulheres na do bairro Vila Alzira, em Aparecida de Goiânia (região metropolitana da Capital), foi preso nessa quinta-feira (02) após diversas denúncias de moradores da região.

De acordo com a investigação, o acusado rondava de carro pelo bairro, principalmente nas áreas que têm academias e estúdios de pilates que são frequentados normalmente frequentado por mulheres.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Ele ficava à espreita, observava quando as possíveis vítimas deixavam os locais, perseguia, abordava, xingava as mulheres na rua, quando não “conseguia” e ficava cada vez mais agressivo. Outras vezes, conseguia pegar as vítimas e cometer o crime sexual sob ameaças.

Até o momento, há quatro denúncias de estupro contra o homem. A última ocorrência foi registrada por uma mulher na sexta-feira (27). Câmeras de segurança da região registraram a movimentação do tarado pela região e coincide com as características e relato da vítima.

Leia mais

Surdo-mudo que estuprou e esganou mulher é condenado em Aparecida de Goiânia

Avô estupra a neta de 12 anos e simula a própria morte para família

A delegada Cybelle Tristão, que investiga os casos, contou que moradoras do bairro Vila Alzira vêm fazendo denúncias na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) desde o início do ano.

O acusado foi encaminhado à unidade policial, ouvido pela delegada e mantido preso por crime de estupro e tentativa de estupro contra as mulheres.

O acusado foi encaminhado ao presídio e colocado à disposição da Justiça até a conclusão do inquérito e o aparecimento de possíveis novas vítimas.

Caso segue em investigação.

 

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao