27 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

14 de Outubro de 2021, 13h:05 - A | A

POLÍCIA / APÓS POUSO FORÇADO

Helicóptero que fez pouso forçado é investigado por transporte irregular de combustível

Morador relatou à polícia que tripulantes pediram a ele para que guardasse galões dentro de casa

DA REDAÇÃO




O helicóptero que fez um pouso de emergência em um terreno no Residencial Mansões Paraíso, em Goiânia, está sendo investigado por transportar combustível de aviação de maneira irregular. Um morador relatou à polícia que o piloto e o passageiro pediram para que os galões fossem guardados dentro de sua casa. O caso aconteceu nesta quarta-feira (13)

A Polícia Civil, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) investigam o caso. A aeronave estava com a autorização de voo cancelada. 

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Segundo as investigações, cerca de 250 litros de combustível de aviação estavam sendo transportados em galões de plástico dentro da aeronave irregularmente. Por isso, os tripulantes solicitaram a um morador que os recipientes fossem deixados na casa. Ele concordou, mas informou o caso à polícia.

Para fazer o transporte de combustíveis em uma aeronave, ela precisa ter uma certificação especial, além do piloto ter habilitação para carregar esse tipo de carga.

De acordo com a defesa dos tripulantes, eles decolaram do aeródromo às margens da GO-070 para fazer um voo teste. No entanto, precisaram fazer o pouso forçado em um terreno ao lado de um ginásio. Ninugém se feriu.

A Anac informou que, diante da suspeita, "acionou os órgãos competentes para averiguar possíveis irregularidades no campo cível e criminal". A Polícia Civil informou que abriu um inquérito para apurar o pouso forçado, além do transporte do combustível e sua origem. 

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao