28 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

30 de Setembro de 2021, 07h:20 - A | A

POLÍCIA / ASSASSINATO EM APARECIDA

Ex-prefeito goiano que mandou matar pistoleiro é indiciado

Vítima foi contratada pelo político, há anos atrás, para matar a amante que estava grávida

DA REDAÇÃO




O ex-prefeito de Santa Terezinha de Goiás Antônio Camargo, acusado de mandar matar Wender Luiz de Aguiar, de 39 anos, foi indiciado pela Polícia Civil por homicídio triplamente qualificado. Além dele, outras cinco pessoas foram indiciadas. O crime aconteceu em 8 de março deste ano, no Buriti Sereno, em Aparecida de Goiânia.

De acordo com as investigações, a vítima estaria chantageando o ex-prefeito, cobrando dinheiro mensalmente para que não revelasse ter matado a amante do político, grávida de seis meses, também a mando dele.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Leia mais: Pistoleiro contratado para matar amante chantageia ex-prefeito e acaba morto

Antônio Camargo desembolsou R$ 10 mil reais para pagar os executores de Wender Luiz, que foi entregue pelo seu motorista. O assassinato ocorreu em frente à casa da vítima, quando os autores foram visitar a residência fingindo ser agentes de saúde. 

O Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia cumpriu, nessa terça-feira (28), mandados de prisão preventiva contra o ex-prefeito e seu motorista. O político já estava preso, mas teve sua prisão temporária convertida para preventiva. Os outros quatro envolvidos permanecem foragidos e são procurados pelos policiais.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao