26 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

21 de Setembro de 2021, 10h:36 - A | A

POLÍCIA / VIOLÊNCIA NA PANDEMIA

Criança vai morar com pai após mãe morrer de covid e é torturada pela madrasta

A criança, que perdeu a mãe para a Covid-19, teve braço fraturado e precisou ser internada com vários hematomas no corpo

DA REDAÇÃO




 Suspeitos de espancar uma criança de 4 anos, pai e madrasta foram presos, em Aparecida de Goiânia. Com braço quebrado e ferimentos espalhados pelo corpo, a menina precisou ser hospitalizada. A mãe da criança faleceu de Covid-19 há quatro meses, conforme o Conselho Tutelar.

A tia da criança alertou o pai sobre os hematomas e ele mesmo fez a denúncia de agressão, contra a companheira, à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), na quinta-feira, 16. A Polícia Civil realizou a prisão dos dois, pois a madrasta também acusou o pai. Os nomes dos suspeitos não foram divulgados.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Segundo a delegada Bruna Coelho, a DPCA vai apurar as circunstâncias desse delito, através de diligências e ouvindo testemunhas. “Qualquer um que possa contribuir para a elucidação. As investigações vão individualizar a conduta de cada um: pai e madrasta”, explicou.

A menina foi encaminhada para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lages de Siqueira (Hugol), em Goiânia, e após uma bateria de exames precisou ser internada. O Conselho Tutelar e da Polícia Civil relataram que a criança tinha hematomas recentes e antigos. Com o braço direito fraturado, ela precisou passar por uma cirurgia.

No momento a criança é acompanhada pelo Conselho Tutelar, enquanto buscam por sua família materna.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao