27 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

21 de Outubro de 2021, 16h:11 - A | A

POLÍCIA / "CLÍNICA DA TORTURA"

Centro de reabilitação é fechado por maus-tratos contra 53 pacientes

Denúncia aponta ainda que as internas do local tinham que pagar cerca de R$ 150 para serem imunizadas contra Covid-19

DA REDAÇÃO




Um centro terapêutico de reabilitação foi interditado por denúncias de maus-tratos, castigos e torturas contra 53 mulheres, que estavam internadas no local para tratamento de alcoolismo e dependência química.

O local fica no Jardim Guanabara, em Goiânia. A Polícia Civil está no centro, na tarde desta quinta-feira (21), junto com a Vigilância Sanitária Municipal.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

As investigações tiveram início após três mulheres fugirem do local. Durante a fuga, uma delas machucou o calcanhar. Em seguida, procurou a 10ª Delegacia de Polícia Civil para fazer a denúncia.

As internas relataram que ninguém recebeu a vacina contra a Covid-19 e, caso alguém quisesse se imunizar, deveria desembolsar R$ 150 pela aplicação. Além disso, não era disponibilizado máscara ou álcool em gel às internas.

A Vigilância Sanitária, que já havia recebido denúncia do Ministério Público de Goiás (MPGO) contra o centro, identificou diversas irregularidades. O local não tinha alvará de funcionamento, extintor de incêndio, e, de três banheiros, apenas um estava em funcionamento. 

Em razão das irregularidades, o local foi interditado e os proprietários têm até 72h para encaminhar as mulheres às famílias ou abrigos. 

A Polícia Civil apreendeu documentos e abrirá um inquérito policial para apurar os fatos.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao