25 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

16 de Agosto de 2021, 08h:28 - A | A

POLÍCIA / TERROR NA EDUCAÇÃO

Adolescentes planejam massacre em escola: "Matar todo mundo"

Os adolescentes estavam em fase de preparação de equipamentos para incendiar escolas e depois tirarem as próprias vidas

DA REDAÇÃO




A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), com apoio de equipe da 6ª Delegacia Regional de Itumbiara, identificou e localizou, no último domingo (15), um adolescente que planejava massacres em escolas com a ajuda de um primo. A ação, realizada em conjunto com a Polícia Civil do Rio Grande do Norte, evitou massacres que provavelmente ocorreriam em duas escolas potiguares.

A operação, coordenada pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI-MJSP), através do Laboratório de Operações Cibernéticas (CIBERLAB), contou com a participação da Agência de Investigações de Segurança Interna (Homeland Security Investigations – HSI).

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

As informações iniciais davam conta de que pelo menos quatro adolescentes realizavam planejamento para invadir duas escolas. Na oportunidade, após utilização de armas químicas incendiárias conhecidas pelo nome “coquetel molotov”, os adolescentes intentavam colocar fim na própria vida.

A partir de então, investigações lideradas pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos de Goiás e Departamento de Inteligência Policial da Polícia Civil do Rio Grande do Norte possibilitaram identificar e localizar a residência dos suspeitos. Os levantamentos apontaram que dois adolescentes, os quais são primos, sendo um da cidade de Campo Redondo-RN e outro de Itumbiara-GO, planejavam os crimes.

Os policiais civis da 6ª Delegacia Regional de Itumbiara e 9ª Delegacia Regional de Santa Cruz do Rio Grande do Norte foram até as residências apontadas pela investigação e localizaram os dois adolescentes. Os pais dos adolescentes (14 e 15 anos de idade) foram acionados e, espontaneamente, apresentaram os filhos nas respectivas delegacias, momento em que os fatos foram confirmados.

Os jovens já haviam, inclusive, escolhido pela internet as roupas que usariam durante o massacre e estavam na fase de planejamento, para testar os equipamentos que usariam. Conforme confirmado pelos familiares, o adolescente que reside em Itumbiara estava com viagem marcada para Campo Redondo e, nos próximos dias, certamente se encontraria com o primo que lá reside, o que tornava ainda mais concreta a chance deles materializarem seus planos de massacres.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao