26 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

19 de Agosto de 2021, 09h:23 - A | A

PODERES / ACUSAÇÕES NA CÂMARA

Vereador critica secretário de Governo de Goiânia: "Pode ter um par de algemas nas mãos"

Votação de requerimento para afastamento do secretário teve 24 votos contra e dois a favor; Kleybe Morais não compareceu para votar

YAGO SALES
DA REDAÇÃO




A oposição da Câmara Municipal sofreu uma derrota na sessão desta quinta-feira (19), na votação do requerimento que solicitava ao prefeito Rogério Cruz (Republicanos) o afastamento do secretário de Governo, Arthur Bernardes. O resultado demonstra, no mínimo, a força do "homem forte" do prefeito.

Foram 24 votos contra e apenas dois a favor. Votaram favoráveis o autor do requerimento, o vereador Santana Gomes (PRTB ) e o líder da oposição, Mauro Rubem (PT). 

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Quando fez uso da palavra por três minutos após a derrota no plenário, Santana Gomes voltou a acusar o secretário de perseguição. "Vereadores, nós estamos passando por um momento muito difícil em relação ao poder Legislativo. Eu entendo que é normal fazer composição políticas, faz parte do processo político. Mas não faz parte do processo político você ser agredido e vender o seu mandato para alguém que não tem compromisso algum com o seu eleitor. Hoje, perdemos um pouco. Eu não perdi, não", disse o vereador.

Ainda no discurso, Santana Gomes continua: "Esse rapaz [Arthur Bernardes] vocês vão ver o que vai acontecer. Esse rapaz já desacatou vários vereadores, inclusive o líder do governo. Esse rapaz fez compromisso com vários vereadores. Compromissos não republicanos. Eu me sinto à vontade porque eu não tenho relação nenhuma com este cidadão. Eu sou imparcial. Essa Casa, amanhã ou depois, vai mudar o seu ponto de vista". O vereador, ainda mandou um recado ao secretário: "Arthur, você é o mesmo, não mudou nada. Você é muito articulado. Claro, está com a máquina na mão, mas amanhã você pode estar com outras coisas nas mãos, um par de algemas".

Já o vereador Kleybe Morais (MDB), que havia estimulado o documento depois de denunciar em plenário que teria sido ameaçado pelo secretário, não compareceu à votação.

Antes de a pauta ser colocada em votação, o vereador Kleybe disse, com exclusividade ao G5 News, que o assunto - as supostas ameaças - estaria superado. "Tudo sobre esse assunto foi declarado na tribuna da Câmara", disse. O vereador disse que estava seguindo orientações da Arquidiocese de Goiânia. Perguntado sobre quais seriam essas orientações, o vereador respondeu: "Buscar a paz e harmonia nos poderes em benefício do povo". 

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao