25 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

08 de Outubro de 2021, 06h:50 - A | A

PODERES / REDUÇÃO DO ICMS

STJ determina prosseguimento de ação contra Perillo por incentivos ilegais

A medida atendida deve seguir com as investigações da operação de incentivos fiscais de ICMS ilegais

DA REDAÇÃO




O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou o prosseguimento da ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o ex-governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB).

A medida atendida por recurso interposto pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) deve seguir com as investigações da operação de incentivos fiscais de ICMS ilegais ao setor alcooleiro durante a gestão do ex-governador.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

A ação civil pública feita pela promotora da 78ª Promotoria de Justiça de Goiânia, Villis Marra, vai apurar os incentivos fiscais enquadrados no programa Fomentar e Produzir, que estavam em desacordo com a legislação.

De acordo com o Ministério Público de Goiás, a ação que determina a quebra de sigilo fiscal do ex-governador, foi recebida em primeiro grau, mas o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) negou a decisão.

O MP-GO ingressou com agravo de instrumento, também negado. A Procuradoria de Recursos Constitucionais (PRC) interpôs agravo interno, que acabou sendo convertido em Recurso Especial.

Indícios da prática ímproba

Foi apontado pelo MPGO que bastam indícios da prática ímproba para o recebimento da petição inicial da ação civil pública.

A ministra Regina Helena Costa, do STJ, entendeu que o acórdão do TJ-GO está em desarmonia com a orientação do tribunal. Segundo esse entendimento, o MP aponta que basta a presença de indícios da prática de atos ímprobos para o recebimento da ação civil pública por improbidade administrativa.

Ainda de acordo com o STJ, o MP-GO imputou aos acusados a prática de atos ímprobos tipificados no artigo 10 da Lei de Improbidade Administrativa, que admitem a modalidade culposa, circunstância que desautoriza a rejeição da inicial pela mera ausência de dolo.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao