27 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

06 de Agosto de 2021, 07h:40 - A | A

PODERES / COMBUSTÍVEIS NAS ALTURAS

Projeto de lei corta ICMS da gasolina pela metade em Goiás

O projeto 1134/2020, de autoria do deputado Humberto Teófilo, está pronto para ser votado pela Assembleia Legislativa de Goiás

FELIPE LEONEL
DA REDAÇÃO




O deputado estadual Delegado Humberto Teófilo (PSL) vai promover um 'adesivaço' nos próximos dias para fazer pressão nos deputados e no Governo do Estado para reduzir o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis.

O projeto de lei, de autoria do parlamentar, foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e pela Comissão de Tributação e Finanças. O texto agora precisa ser levado ao Plenário da Assembleia Legislativa. O projeto visa reduzir o ICMS da gasolina de 30% para 14%. Ele também pode reduzir o imposto sobre os demais combustíveis para 14%. O ICMS cobrado sobre o etanol é de 25% e diesel, 16%.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

"Só com pressão que nós vamos dar conta de passar esse projeto. Já entrei em contato com vários taxistas que estão prontos para fazer uma manifestação. Também falei com a turma do Uber, vários ubers que estão prontos. Vai ser um negócio pesado, vamos para cima para aprovar esse projeto", afirmou Humberto em entrevista ao G5 News (assista à entrevista abaixo).

De acordo com a Federação Nacional do Comércio dos Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis), o ICMS cobrado sobre a gasolina vendida em Goiás é o quinto maior do Brasil. O maiores são praticados pelo Rio de Janeiro (34%); Piauí (31%); Minas Gerais (31%); Maranhão (30,5%). Goiás; Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul cobram 30%.

ASSISTA:

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao