27 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

23 de Junho de 2022, 17h:00 - A | A

PODERES / CACHOEIRA DE GOIÁS

Prefeito vai torrar R$ 800 mil com shows enquanto alunos comem bolacha por falta de merenda

No fim da tarde desta quinta-feira (23), a Justiça acatou pedido do Ministério Público e suspendeu a realização da Festa em Louvor ao Divino Pai Eterno

RAFAEL DE SOUSA
REDAÇÃO G5




O prefeito Geraldo Neto (PP), de Cachoeira de Goiás que possui pouco mais de 1,4 mil habitantes, decidiu torrar R$ 755 mil em um evento denominado "134ª Festa em Louvor ao Divino Pai Eterno", previsto para ocorrer entre os dias 24 de junho e 03 de julho, com entrada franca. 

Enquanto isso, segundo o Ministério Público Estadual (MPGO), alunos do Centro Educacional Municipal Gente Miúda, estão comendo bolachas e suco, ou leite, em razão da proibição de compra de alimentos necessários para o lanche adequado, por determinação do prefeito. A justificativa é que o Município precisa economizar devido à escassez de recursos.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Se Geraldo Neto economiza quando o assunto é fornecer alimentos à população escolar, ele abre a “torneira” de recursos quando é para promover eventos.

Leia mais

Prefeito de Cachoeira de Goiás mandou servir farinha a alunos para economizar com merenda

O prefeito, segundo Ricardo Lemos Guerra, da Promotoria de Justiça da Comarca de Aurilândia, pagará R$ 30,5 mil para DJ Jorge Pinheiro, enquanto R$ 80 mil devem cair na conta de Mário e Thizil. Outros R$ 80 mil serão da cantora Janaynna, já Cleiton e Camargo vão levar dos cofres do Município R$ 55 mil.

E não termina por aí. Darly e Darleno devem receber R$ 40 mil, Edy Britto e Samuel embolsarão R$ 110 mil, Eliza Reis R$ 35.mil, enquanto Renato e Rafael receberão R$ 50 mil.

O evento ainda terá show de Gabriel Abreu, que custará aos cofres públicos R$ 30 mil, e de Pedro Paulo e Matheus, R$ 70 mil. O locutor da festa levará R$ 55 mil.

A maior fatia será da dupla Diego e Arnaldo (R$ 120 mil).

O promotor destaca que devido ao valor que será gasto, importância bastante alta para a realidade econômica do Município de Cachoeira de Goiás, indicando irregularidades que podem prejudicar a saúde financeira daquele município, é dever do MP averiguar possíveis irregularidades.

As investigações devem se debruçar sobre todos os contratos de shows e montagem da estrutura.

Atualização às 19h - Pouco minutos após a publicação desta reportagem, a Justiça acatou um pedido do Ministério Público e suspendeu a realização do evento.

Outro lado

O G5News tentou contato para ouvir a versão da Prefeitura de Cachoeira de Goiás, mas o telefone disponível não completou as ligações. Nossa equipe então tentou contato por redes sociais, porém, até a publicação desta reportagem não haviam respostas.

Comente esta notícia

Jumanji 24/06/2022

Perseguição pessoal do MP ao prefeito de Cachoeira de Goiás, o MP já vem fazendo isso a algum tempo, preocupa se em perseguição por denuncias que o oficial de promotoria de Aurilandia sr.Jose Maria de Sousa, pessoa corrupta, inescrupulosa, assim as informações colhidas por esse ser vil, são repassadas ao promotor de justiça dr.. Ricardo Lemos Guerra o qual possui animosidade e antipatia contra o Sr. Geraldo prefeito de Cachoeira de Goiás. Por qual motivo isso não foi feito na festa da guariroba... O MP é convivente com a atual gestão ou porque dito servidor da promotoria é sogro de um dos sobrinhos da prefeita. Torna se um absurdo não verificar os shows de Aurilandia. Eduardo Costa custou aos cofres públicos R$ 285.000,00 Guilherme e Santiago custou aos cofres públicos r$ 200.000,00 As estruturas metálicas instaladas são de $2.500,00 por metro quadrado ao dia.. Somando se ao todo com mão de obra melhoras no auri park em torno de r$ 2.500.000,00 KD o MP pra fiscalizar. Onde ele estava, ou estava apenas observando.. Por quais motivos o MP de Aurilandia nunca se manifestou a respeito dos balancetes da atual gestão.. esses nunca em tempo algum foram apresentados no portal da transparência.. E cabe ao MP que é obrigatoriamente o responsável em defender a população. E aí.. é ou não perseguição pessoal.

Joareis 23/06/2022

Escola não é restaurante!!

2 comentários

1 de 1

GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao