19 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

05 de Agosto de 2022, 08h:15 - A | A

PODERES / CAMINHO DEFINIDO

Perillo desiste do Governo e sai ao Senado: "Sei que minha decisão frustrou muita gente, mas não podemos avançar"; assista

Confira o pronunciamento oficial dos tucanos sobre o posicionamento nas eleições deste ano e a decisão de Perillo sobre a candidatura para as eleições 2022

RAFAEL DE SOUSA
REDAÇÃO G5



 
 O ex-governador Marconi Perillo, que anunciou nesta sexta-feira (05) ser candidato ao Senado, afirmou em seu discurso durante convenção do PSDB que saber que sua decisão frustrou muita gente, mas que não é possível “avançar além do que é possível”.

Ele declarou que até chegou a negociar alianças, porém, havia controvérsias até mesmo dentro do próprio partido o que o fez recuar.

Marconi declarou ainda que o pensava em ser candidato a deputado federal e a concorrer ao Senado era uma possibilidade remota. No entanto, o tucano pontuou que a escolha foi uma forma de poder ajudar as candidaturas dos candidatos às vagas na Assembleia Legislativa e à Câmara dos Deputados.

“Como candidato a senador poderei ajudar mais ainda. Não vamos apresentar um projeto individual, mas para o estado e para o Brasil”, afirmou.

Perillo também declarou que se for eleito não fará oposição ao governador eleito.

“Estaremos lá para ajudar o nosso estado, as demandas. População que sofre com a inflação, falta de segurança, infraestrutura e Educação. Vamos trabalhar em todos os campos”, garantiu.
 
Entenda
 
O ex-governador Marconi Perillo anunciou, há pouco, durante convenção do PSDB goiano que desistiu da candidatura ao Governo do Estado e irá disputar o Senado Federal.

A mudança já era esperada desde a quinta-feira (04), quando o ex-governador reuniu as principais lideranças da sigla para comunicar a desistência na corrida pelo Palácio das Esmeraldas.

Um dos motivos para desanimar Perillo foram as dificuldades em fechar apoio e atrair partidos como PSD para uma aliança. Ele chegou a discutir fortemente uma aliança com o Partido dos Trabalhadores e se reuniu com Lula e Geraldo Alckmin (PSB), vice na chapa do petista, porém, sem conseguir atrair mais um partido forte, o PSDB Nacional avaliou que o melhor seria uma disputa à Câmara Federal.

Entretanto, lideranças tucanas de Goiás avaliaram e convenceram Marconi Perillo a concorrer como senador. O partido ainda não decidiu quem irá apoiar ao Governo do Estado ou se irá se dedicar apenas à chapa de deputados estadual e federal e ao Senado.

Assista ao anúncio

VÍDEO

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao