13 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

GOIÂNIA

14 de Junho de 2022, 07h:35 - A | A

PODERES / XADREZ POLÍTICO

Mendanha ainda negocia com partidos que declaram apoio a Caiado

O ex-prefeito de Aparecida disse que mantém diálogo com siglas da base aliada do governador, mas tem dado prioridade a agenda de pré-campanha nos municípios.

RAFAEL DE SOUSA
REDAÇÃO G5



Sem revelar nomes, o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia e pré-candidato ao Governo do Estado, Gustavo Mendanha (Patriota), sinalizou, na tarde dessa segunda-feira (13), durante evento que oficializou a aliança com o Republicanos, que ainda não desistiu de negociar apoio com alguns partidos de que estão na base do governador Ronaldo Caiado (União Brasil).

Mendanha declarou que agora tem dado prioridade a agenda de pré-campanha nos municípios para se apresentar aquele eleitor que ainda não o conhece.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Por outro lado, mantém a articulação política com alguns partidos aliados do governador.

O pré-candidato evita citar nomes para, na verdade, não colocar lideranças políticas numa “saia justa”.

Leia mais 

Medanha lota ‘hotel’ e mostra força de aliança com Republicanos

Republicanos anuncia apoio a Mendanha e abre “guerra” com lideranças aliadas de Caiado

 Presidente do Republicanos oficializa aliança com Mendanha; lideranças seguem livres para apoiar adversários

Mendanha resumiu em afirmar aos jornalistas que sim, “converso com alguns partidos que estão na base do atual governador”.

Entre as siglas que o ex-prefeito de Aparecida era aliado, está o Podemos, que decidiu desembarcar de sua base após negociar uma fatia do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) com Ronaldo Caiado.

Gustavo Mendanha também perdeu o Partido Liberal, do presidente Jair Bolsonaro, depois que o deputado federal Major Vitor Hugo lançou sua pré-candidatura ao Governo do Estado.

Vitor Hugo tem apoio de Bolsonaro e conseguiu “tomar” a presidência do PL Goiás, naquela época comandada por Flávio Canedo, esposo da deputada federal Magda Mofatto, principal apoiadora de Mendanha.

Nada está definido até as convenções que ocorrem entre 20 de julho a 5 de agosto, até porque Gustavo Mendanha ainda busca um nome para a vice.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao