30 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

22 de Setembro de 2021, 13h:08 - A | A

PANDEMIA / CONTRA COVID

Aparecida começa a vacinar jovens de 15 anos nesta quinta

Município possui 10 pontos destinados à imunização com funcionamento de segunda a sábado, para 1ª dose e reforço

DA REDAÇÃO




Amanhã, 23 de setembro, a Prefeitura de Aparecida inicia a imunização contra a covid-19 em jovens com mais de 15 anos de idade. Adolescentes de 12 a 17 anos com alguma deficiência permanente ou comorbidade também serão vacinados, bem como as jovens dessa faixa etária que estejam grávidas ou no puerpério. Nesses casos é necessário comprovar a situação.

Na hora de receber o imunizante, os moradores precisam apresentar documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão SUS de Aparecida e comprovante de endereço. Menores precisam estar acompanhados de um responsável.

A população apta a receber a primeira dose da vacina contra a covid pode procurar o drive-thru da Cidade Administrativa, das 8 às 18 horas, sem necessidade de agendamento.

Quem preferir receber o imunizante nas Unidades de Saúde (UBS’s) dos setores Andrade Reis, Anhambi, Jardim Olímpico, Bairro Cardoso, Jardim Florença e Veiga Jardim, das 8 às 16 horas, ou na Central Municipal de Imunização, das 8 às 18 horas, precisa agendar pelo aplicativo “Saúde Aparecida”. O acesso pode ser feito pelo site da Prefeitura (aparecida.go.gov.br). As vagas para esta quinta-feira serão liberadas hoje, a partir das 17 horas.

A Prefeitura tem realizado ainda a imunização de adolescentes com menos de 15 anos que estejam em cumprimento de medida socioeducativa. Neste caso, a vacinação ocorre in-loco, com as equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) visitando os centros de internação.

Segunda dose

Amanhã, a aplicação da segunda dose segue normalmente na cidade, com todos os imunizantes. O serviço está disponível nos drives do Aparecida Shopping e do Centro de Especialidades e na Central de Imunização, das 8 às 18 horas.

As UBS’s dos bairros Anhambi, Cardoso, Andrade Reis, Jardim Olímpico, Jardim Florença e Veiga Jardim também aplicam o reforço, das 8 às 16 horas.

Para receber a segunda dose em qualquer um desses locais não é necessário agendar, basta respeitar a data prevista no cartão de Vacinação e no dia programado apresentá-lo, juntamente com documento de identidade e CPF ou Cartão SUS.

O estoque de segunda dose da Astrazeneca, que havia acabado no último sábado, dia 18, já foi reposto. Assim, a aplicação do reforço desse imunizante foi retomada.

Dose de reforço dos 70+

A aplicação da dose de reforço (terceira dose) também segue na cidade para a população em geral, acima de 70 anos, em todos os nove postos que já aplicam a segunda dose: drive-thru do Aparecida Shopping e do Centro de Especialidades, UBS´s dos setores Andrade Reis, Anhambi, Bairro Cardoso, Jardim Olímpico, Jardim Florença e Veiga Jardim e Central de Imunização.

Para os idosos receberem a terceira dose do imunizante é necessário respeitar o intervalo de seis meses após a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única), independente da vacina aplicada.

Os acamados não precisam entrar em contato novamente com a Central de Imunização para agendar a aplicação do reforço. A SMS fará esse controle.

Dose de reforço dos imunossuprimidos

As pessoas com alto grau de imunossupressão também devem receber a terceira dose, nos nove postos citados acima. Nesses casos, o intervalo para a dose de reforço deve ser de 28 dias após a última dose do esquema básico, também independentemente da vacina aplicada.

A imunização das pessoas vivendo com HIV ocorre das 8h30 às 16h, no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) do município, localizado no Centro de Especialidades.

Quem são os imunossuprimidos

São considerados desse grupo as pessoas com imunodeficiência primária grave; em quimioterapia para câncer; transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 <200 céls/mm3; pessoas que fazem uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias; pessoas que fazem uso de drogas modificadoras da resposta imune; pacientes em hemodiálise; pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

Quais as comorbidades contempladas

Conforme especificado no Plano Nacional de Imunizações (PNI), a vacinação contra a covid-9 das pessoas com comorbidades contempla: diabetes mellitus; pneumopatias crônicas graves; Hipertensão Arterial Resistente (HAR); Hipertensão arterial estágio 3; Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade; Insuficiência cardíaca (IC); Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar; Cardiopatia hipertensiva; Síndromes coronarianas; Valvopatias; Miocardiopatias e Pericardiopatias; Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas; Arritmias cardíacas; Cardiopatias congênita no adulto; Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados; Doença cerebrovascular; Doença renal crônica; Imunossuprimidos; Anemia falciforme; Obesidade mórbida; Síndrome de down; e Cirrose hepática. A Campanha contempla ainda pessoas com doenças raras que impliquem em maior risco para o desfecho da Covid-19.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao