07 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

GOIÂNIA

22 de Julho de 2022, 09h:34 - A | A

NACIONAL/MUNDO / VEJA

Vídeo mostra pedófilo com criança momentos antes de abuso em escada

Câmera de segurança flagrou ação do criminoso chamando uma outra menina para cometer os abusos

MATHEUS G., CARLOS C., MIRELLE P.
METRÓPOLES



Câmera de segurança do prédio onde mora o pedófilo preso em flagrante nessa quarta-feira (20/7) após desaparecer com uma menina de 12 anos e obrigá-la a fazer sexo oral nele mostram o momento que ele encontrou uma outra vítima para cometer abusos. O vídeo é de 14 de julho, em um bloco residencial da Asa Sul.

Segundo apurações da 1ª DP (Asa Sul), o criminoso fazia diversas vítimas, não só meninas, mas também garotos. Neste caso específico, ele teria dito para a menor que eles usariam as escadas, pois a mãe dele estava dentro do apartamento.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

A prática, de acordo com o que foi levantado pela Polícia Civil (PCDF) até agora, era rotineira. Até mesmo a lixeira do prédio já teria sido utilizada para os crimes.

O aparelho celular do homem foi apreendido e passará por perícia. A expectativa é que a investigação dure meses pela quantidade de mensagens e vítimas. Há a possibilidade de crianças de outros estados terem sido abusadas.

Justiça manteve pedófilo preso
O pedófilo teve a prisão convertida em preventiva em audiência de custódia realizada nesta quinta-feira (21/7). O homem de 34 anos deverá aguardar o julgamento preso no Centro de Detenção Provisória (CDP), no Complexo Penitenciário da Papuda.

O suspeito foi preso sob a acusação de manter e divulgar fotos e vídeos de pornografia infantil. Segundo a PCDF, ele mantinha contato com a menina havia vários dias. Na delegacia, ela depôs contra o homem e disse que foi obrigada a fazer sexo oral nele.

O estupro da adolescente teria ocorrido na última quinta-feira (14/7) na escadaria do prédio onde o suspeito mora. O homem é solteiro, desempregado e vivia com a mãe idosa.

De acordo com as investigações conduzidas pela 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), a menina e o adulto teriam se conhecido em um grupo de jogos infantis do Facebook, no qual ele se passou por um adolescente. Pensando se tratar de um garoto, a menina manteve contato com o homem e teria enviado fotos e vídeos para ele. Sob poder das imagens, o pedófilo teria ameaçado divulgar o conteúdo para os pais da garota, caso ela contasse algo.

Segundo a PCDF, o autor também teria vendido o contato telefônico da vítima para outros pedófilos, que passaram a extorqui-la. Diante da pressão, a jovem, que mora na comunidade Cobra Coral, na Asa Sul, fugiu de casa, com medo.

Além de responder por manter e divulgar fotos e vídeos de pornografia infantil, o preso pode ser indiciado por estupro de vulnerável e extorsão. Caso seja condenado, pode pegar mais de 30 anos de prisão.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao