25 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

11 de Agosto de 2021, 16h:41 - A | A

GERAL / SÃO SIMÃO

Prefeito é denunciado por importunação sexual e divulgação de pornografia infantil

Sete pessoas prestaram depoimento, mas cinco crimes já estavam prescritos; ele responde por duas vítimas

DA REDAÇÃO




O Ministério Público de Goiás (MPGO) denunciou o prefeito de São Simão, Assis Peixoto (PSDB), por importunação sexual, além de tentativa de adquirir e divulgar pornografia envolvendo criança ou adolescente. Ele segue preso desde o dia 28 de julho. No dia seguinte à prisão, em depoimento ao MPGO, o prefeito permaneceu em silêncio. O caso segue em segredo de justiça.

Foram sete denunciantes dos suspostos crimes de Assis Peixoto. No entanto, ele responde por apenas dois, pois o restante já prescreveu. Pelo menos 17 crimes foram narrados pelas vítimas e constam na acusação do Ministério Público. Mesmo prescritos, os relatos reforçam as provas colhidas e indicam o modus operandi do político em relação às suas vítimas. 

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

O advogado Edemundo Dias informou que vai pedir a liberdade provisória, pois a parte da investigação já terminou. Por isso, ele considera a manutenção da prisão desnecessária. Ao G1, ele disse que ficou comprovado que não há crime de pedofilia.

As provas que constam na peça acusatória, obtidas pelos vereadores, vão servir para embasar o impeachment do prefeito. Na segunda-feira (16), a Câmara Municipal de São Simão deve colocar em discussão o processo, que foi protocolado por uma das vítimas, o jornalista Luis Manuel Araújo.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao