15 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

GOIÂNIA

01 de Agosto de 2022, 09h:26 - A | A

GERAL / PRESERVAÇÃO PERMANENTE

Ocupantes de Residencial em Goiânia são multados em R$ 200 mil por plantação de mandioca

Agência Municipal do Meio Ambiente de Goiânia explicou que as pessoas chegaram a construir um barraco no local para assegurar os direitos sobre a área pública.

REDAÇÃO G5



A Prefeitura de Goiânia, por meio da Agência Municipal do Meio Ambiente de Goiânia (Amma), autuou, nesta sexta-feira (29), grupo de pessoas que utilizavam Área de Preservação Permanente (APP), no Residencial Senador Albino Boaventura, para plantar e comercializar mandiocas. A irregularidade foi encontrada pela equipe de fiscalização da agência. Os autos de infração chegam a somar mais de R$ 200 mil.

Segundo o diretor de Fiscalização da Amma, Diego Moura, nenhuma família morava no local. “Os ocupantes desmataram a área para realizar o plantio de mandioca e construíram uma espécie de barraco para assegurar direitos sobre a área pública, na esperança de conseguirem a regularização”, explica.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Após levantamento da Amma, foi identificado que todos os ocupantes possuem moradia e outros imóveis em diferentes regiões da capital. “Eles responderão na esfera administrativa e os autos de infração serão encaminhados à Delegacia Estadual do Meio Ambiente, para que também sejam responsabilizados na esfera criminal”, pontua o presidente da Amma, Luan Alves.

De acordo com Luan Alves, técnicos da Amma já vistoriaram a área para iniciar o processo de recomposição florística do local, garantindo a preservação e a recuperação da APP.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao