27 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

23 de Junho de 2022, 18h:01 - A | A

GERAL / MONSTRUOSIDADE

Mulher deixa marido estuprar filha de 9 anos

Ocorrência foi registrada em 2015, em Piracanjuba, quando o estuprador foi preso, mas a mulher conseguiu fugir e só foi encontrada nessa terça-feira (21), quando foi presa

MÁRIO ANDREAZZA
REDAÇÃO G5




Uma mulher de 40 anos, nome não divulgado, foi presa sob acusação de “permitir” que o marido, 40, estuprasse a filha dela, uma criança de 9 anos, dentro de casa, em Piracanjuba (km da Capital).

O crime foi registrado em 2015, quando o homem foi preso. No entanto, ela conseguiu fugir e estava “desaparecida” até essa terça-feira (21), quando foi localizada e presa por força de mandado de prisão expedido pela Justiça e cumprido pela Polícia Civil.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

De acordo com a ocorrência, à época dos fatos, a menina era obrigada pelo padrasto a manter “relações sexuais” com ele, configurando estupro de vulnerável. Porém, a mãe, que teria a responsabilidade de proteger a criança, tinha conhecimento do fato e consentia.

Leia mais

Ao lado do marido, mulher relata à polícia suposto estupro coletivo em show de Henrique e Juliano

Pedófilo abusa da enteada por 7 anos e tem 2 filhos com ela

Mulher flagra estupro da filha de 12 anos e mente para polícia para proteger marido

“A partir deste momento, a mãe e o padrasto, ambos autores do crime, ele pelo ato em si e ela por permitir, deixando a filha à disposição do criminoso, permanecerão presos aguardando o julgamento”, explicou o delegado.

O policial explicou ainda que se condenados pelo crime de estupro de vulnerável o casal pode pegar até 15 anos de prisão.

Caso segue em andamento na Justiça.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao