07 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

GOIÂNIA

13 de Junho de 2022, 09h:20 - A | A

GERAL / RECUPERAÇÃO

Jovem baleado por PM no show de Henrique e Juliano, em Goiânia, deixa a UTI

Apesar da melhora no estado de saúde, o jovem ainda é cuidado bem de perto pela equipe médica na enfermaria do hospital. Isso porque a bala perfurou o pâncreas, que teve parte retirada em cirurgia

MÁRIO ANDREAZZA
REDAÇÃO G5



O jovem Francis Junio Ribeiro, 27 anos, que foi baleado pelo soldado da Polícia Militar, Pedro Negreiro, 32, durante um desentendimento causado por um “esbarrão” durante o show da dupla Henrique e Juliano, no estacionamento do Estádio Serra Dourada, em Goiânia, no último domingo (05), e deu entrada em estado grave no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no sábado (11), e vai continuar a recuperação na enfermaria do Hospital.

Segundo a irmã de Francis, Lidiany Ribeiro, a melhora no quadro clínico é uma vitória para ele e a família. Apesar da evolução, o jovem ainda é cuidado bem de perto pela equipe do hospital. Isso porque a bala perfurou o pâncreas, que teve uma parte retirada numa cirurgia.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

"O que mais preocupa é o pâncreas porque ele foi perfurado e teve que tirar um pouco do órgão. Estamos cientes que ele ainda pode ter infecção, mas está sendo bem cuidado. Só de o meu irmão ter saído da UTI é uma vitória. Vivemos um dia de cada vez", contou Lidiany Ribeiro.

Lidiany explica que Francis conta que lembra de todos os detalhes da confusão na saída do show, mas que a família muda de assunto quando o jovem começa a falar sobre o caso para que ele não fique nervoso, estressado e corra risco de ter a recuperação prejudicada.

Ressaltou que assim que possível, com o avanço de sua recuperação, o irmão, com liberação dos médicos, prestará depoimento à polícia.

O soldado da PM Pedro Henrique foi preso pelo comandante do próprio batalhão em que era lotado. Ele disse em depoimento que “uma pessoa” tentou pegar a arma de sua cintura, foi jogado no chão e atirou para cima para se defender, mas que não percebeu se o tiro acertou alguém.

"[PM] vestia camisa social e era possível perceber pelo volume que estava com uma pistola, ao notar uma mão em sua cintura, segurou-a. Para se defender, desferiu um disparo de arma de fogo, que não percebeu que o projétil expelido tinha atingido alguém", declarou o militar na delegacia.
Leia mais

Justiça mantém prisão de PM que atirou em jovem durante show de Henrique e Juliano

PM leva esbarrão durante show de Henrique e Juliano e atira três vezes em homem

Bandidos roubam centenas de celulares durante show de Henrique e Juliano

Vídeo de casal fazendo s3x0 no “meio” do show de Henrique de Juliano cai na rede

Entenda o caso

Francis teria “esbarrado” no PM enquanto deixava o evento, pouco antes do fim, com a intenção de evitar o tumulto na saída do show. Os dois teriam entrado numa discussão, o acusado empurrado o jovem de volta e a vítima revidado, quando, em determinado momento, o militar sacou a arma e atirou.

Francis foi baleado na mão e no peito e agonizou no chão do evento até a chegada do socorro.

Em nota, a organização do evento disse que “o Policial Militar responsável pelos disparos assinou o termo de responsabilidade/formulário de identificação de armamento para entrar com a arma registrada no evento”. O comunicado diz ainda que 700 seguranças estavam no evento e está prestando apoio à família.

O soldado foi preso no dia seguinte pelo comandante do batalhão onde era lotado. A corporação informou que abriu um procedimento para investigar o caso.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao