25 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

23 de Setembro de 2021, 09h:54 - A | A

GERAL / NOVO PRESIDENTE

Ismael Alexandrino libera atendimento integral a usuários do Ipasgo

Medida cumpre determinação do governador Ronaldo Caiado. “O usuário estará no centro de nossas atenções para que seja atendido com qualidade”, afirma Ismael

DA REDAÇÃO




Após a troca da presidência do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo) pelo governador Ronaldo Caiado, o novo titular da autarquia, Ismael Alexandrino, convocou reunião, nesta quarta-feira (22/09), e junto com o Conselho Deliberativo do órgão (CDI), anunciou a liberação dos procedimentos, cirurgias eletivas, exames e consultas. A medida ocorre após Caiado determinar auditoria em todas as faturas apresentadas pela rede credenciada, mas ao mesmo tempo garantir aos usuários do plano a continuidade integral dos atendimentos.

“Quero tranquilizar todos os usuários do Ipasgo. Não terá nenhum corte de exame, procedimento ou tratamento, de maneira alguma”, disse o chefe do Executivo Estadual durante coletiva à imprensa, na última segunda-feira (20). A nova gestão tem como foco buscar a excelência na assistência em saúde e eficiência na gestão. “O usuário estará no centro de nossas atenções para que seja atendido com qualidade. Além disso, buscamos o equilíbrio econômico-financeiro para todos os envolvidos: beneficiários, prestadores e o próprio Instituto”, assegurou Ismael Alexandrino.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

“Agora, os atendimentos seguirão a rotina anterior à implantação dessa medida. Nossa orientação é que os agendamentos ocorram como antes do anúncio de corte”, completou. Fiscalização A auditoria nas contas do Ipasgo foi determinada pelo governador Ronaldo Caiado após os gastos previstos com a rede credenciada em 2021 estimarem um aumento de 29,8% em relação a 2020, com custo de pouco mais de R$ 1,7 bilhão.

“Não podemos deixar acontecer uma elevação dessa sem que isso seja explicado", assevera o governador. A intenção é que a força-tarefa à frente do Ipasgo faça uma auditoria completa das faturas apresentadas e dessa forma o instituto consiga uma redução nos gastos entre 15% e 20%. O que manteria o orçamento da autarquia para 2021 ficar no que é previsto, em cerca de R$ 1,5 bilhão.

Além de Ismael Alexandrino, que está acumulando o cargo de presidente do Ipasgo e secretário de Estado da Saúde, também integram a força-tarefa os titulares da Secretaria de Segurança Pública, Rodney Miranda; Secretaria-Geral de Governo, Adriano da Rocha Lima; e da Controladoria-Geral do Estado, Henrique Ziller.

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao