19 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

03 de Julho de 2022, 18h:42 - A | A

GERAL / CAMPEONATO BRASILEIRO

Atlético-GO perde por 2 a 1 para o São Paulo e pode terminar a 15ª temporada na zona da degola

Com a vitória, o São Paulo foi a 22 pontos, na sétima colocação, a dois do Fluminense, que abre o G-6. O Atlético-GO, com 17, é o 15º e pode terminar a rodada entre os rebaixados

GE



O São Paulo venceu o Atlético-GO por 2 a 1 na tarde deste domingo (03), no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, e colou no G-6 – o grupo de classificados à Libertadores – do Campeonato Brasileiro. Luciano fez os dois gols: um no primeiro tempo, de pênalti, e outro no segundo, em bonito voleio. Marlon Freitas, também de pênalti, marcou para o Dragão, que pode terminar a 15ª rodada na zona de rebaixamento.

Primeiro tempo

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

O jogo começou equilibrado, morno, com as duas equipes se estudando, medindo até onde poderiam se arriscar nos ataques. Ele começou a ficar mais interessante a partir dos 21 minutos, quando Baralhas cometeu pênalti ao cortar a bola com a mão em chute de Patrick. Luciano bateu firme, no canto, e colocou o São Paulo na frente: 1 a 0. Mas a vantagem tricolor não durou muito. Oito minutos depois, também em cobrança de pênalti, Marlon Freitas empatou – em lance no qual o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães apitou a penalidade quase no mesmo instante em que Ramon Menezes cabeceava para dentro do gol. Depois de empatar, o time da casa se tornou mais dominante e teve chances de alcançar a virada. Chutes de Airton e de Shaylon levaram relativo perigo ao gol defendido por Jandrei.

Segundo tempo

O São Paulo voltou modificado do intervalo. Saíram Welington e Patrick, entraram Reinaldo e Gabriel Neves. As mudanças não causaram grande revolução no time, mas o Tricolor tentou ficar mais com a bola, se posicionar à frente. E assim foi criando chances – como aos sete minutos, quando Léo não conseguiu completar cruzamento de Rodrigo Nestor, ou aos 14, em desvio de cabeça de Luciano, para fora. A insistência foi premiada aos 16. Rodrigo Nestor mandou na área, Jefferson desviou mal, para trás, e Luciano pegou bonito, de voleio, para recolocar o São Paulo na frente: 2 a 1. Ao contrário do que aconteceu no primeiro tempo, o Dragão teve dificuldade para reagir. Encontrou poucos espaços, não conseguiu criar chances de gol. O Tricolor, muito bem postado, foi competente para levar a vitória até o apito final, com uma tranquilidade quebrada apenas pela pressão goiana nos últimos instantes, com goleiro na área e pedido de pênalti (que não existiu).

Gol ou pênalti?

Ramon Menezes subiu bonito, emendou o cabeceio e viu a bola entrar no gol defendido por Jandrei. Mas o gol do Atlético-GO não valeu. E não valeu porque no lance teve... pênalti para o Atlético-GO. Acontece que o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães marcou a penalidade pouco antes de a bola entrar. Marlon Freitas bateu e fez.

Renasceu

Luciano viveu tempos difíceis no São Paulo, fora do time, longe dos gols. Mas a fase parece ter mudado. Os dois gols marcados contra o Atlético-GO se somam aos dois feitos no jogo anterior, na vitória de 4 a 2 sobre a Universidad Católica, pela Sul-Americana. Neste domingo, ele primeiro marcou em pênalti muito bem batido e depois anotou em bonito voleio. O porém: suspenso, não enfrentará o Atlético-MG no próximo domingo.

 

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao