15 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

GOIÂNIA

01 de Agosto de 2022, 09h:15 - A | A

ESPORTES / CONFIRA

Americanos elegem carros sem graça e vários estão aqui

Muitos carros vendidos nos EUA são considerados sem graça de dirigir por parte dos motoristas

RICARDO DE OLIVEIRA
NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS



Muitos carros vendidos nos EUA são considerados sem graça de dirigir por parte dos motoristas, apesar de serem muito úteis apenas para quem realmente quer deslocar por um país moldado para automóveis.

Assim, seja pela aparência monótona, baixo desempenho e dirigibilidade sem expressividade, muitos carros até caros e sofisticados, incluindo até mesmo esportivos, podem ser considerados sem graça pelo consumidor americano.

Recentemente, o Novo Honda Civic Si foi criticado por perder potência e não responder como esperado, só para citar um produto que eventualmente estaria no mercado nacional em condições mais favoráveis de mercado.

Assim, considerando os pontos indicados acima, os leitores do site Jalopnik foram questionados sobre quais carros eles consideram sem graça e a lista inclui muitos que estão no mercado brasileiro.

É importante deixar claro que os mercados diferem demais, assim como o perfil dos consumidores, mas nos EUA, carros como os modelos da Tesla e até esportivos como o Scion FR-S (Toyota GT 86 e Subaru BRZ) não agradam muita gente.

Índice Nissan Versa
Nissan Kicks
Nissan Sentra
Chevrolet Blazer
Chevrolet Trax
Toyota Corolla Cross
Toyota Camry
Toyota Prius
Scion FR-S
Ford EcoSport
RAM 1500
Tesla (todos)
Dodge Journey
Kia Rio

Nissan Versa

O Nissan Versa é considerado por alguns americanos como um carro sem graça, apesar de ser uma oferta necessária, mesmo com limitações de motor, exatamente como no Brasil, mas com 127 cavalos e 15,7 kgfm.

Isso é bem mais, no caso da potência, que o Versa vendido aqui, que tem 114 cavalos e 15,5 kgfm, tendo igualmente o CVT Xtronic como destaque e custa a partir de US$ 15.580.

Nissan Kicks

Ele inicia em US$ 19.990 e nos states, é considerado sem graça pelos leitores do referido site por dispor de um visual pouco atraente, ainda que o crossover preencha lacunas nunca não preenchidas pelo Nissan Juke.

A mecânica é a mesma do Novo Versa e não surpreende em nada, mantendo a condução visando a economia. Tanto lá quando cá, se espera que o produto adote pelo menos um motor turbo e parece que a Renault já está indo nessa direção com produção local.

Nissan Sentra

No caso do Nissan Sentra, dizem que ele não oferece uma opção manual no mercado americano e por conta disso, ele seria um carro sem graça.

Partindo de US$ 19.950, o sedã médio da Nissan tem motor 2.0 de 155 cavalos e 20,1 kgfm, sendo oferecido somente com transmissão CVT Xtronic.

Chevrolet Blazer

Já a Chevrolet Blazer é tida como um crossover sem graça por ser mais um dos 37 modelos “genéricos” que estão no mercado americano, quando a GM poderia tê-lo feito como um concorrente direto do Ford Bronco Sport.

Partindo de US$ 33.400, a Blazer é fabricada no México com estilo inspirado no Camaro, mas mesmo isso não parece ter agrada o pessoal por lá. Com 232  cavalos, o motor 2.0 é a opção inicial da Blazer.

Chevrolet Trax

Começando em US$ 21.400, o Chevrolet Trax é outro carro sem graça, segundo os leitores do site americano, mas além de ser um carro da geração anterior, já fora até do mercado brasileiro, não houve justificativa para estar na lista.

Ainda assim, trata-se de um carro antigo que já deveria ter sido retirado de linha, ainda mais custando acima de concorrentes mais modernos. O SUV compacto tem motor 1.4 Turbo de 157 cavalos e câmbio automático de seis marchas.

Toyota Corolla Cross

No caso do Toyota Corolla Cross, a reclamação é que o modelo não deveria ter a designação do carro mais vendido do mundo, porque não é esse produto.

Há alguns anos, Toyota e Ford disputaram a liderança dos médios com Corolla e Focus, mas na japonesa, vários modelos diferentes usam o mesmo nome para fazer número… Ele começa em US$ 22.445 e com 2.0 e CVT.

Toyota Camry

No caso do Toyota Camry, também não houve uma definição do que realmente torna o sedã grande um carro sem graça, mas trata-se de um modelo comportado e sem muitos pretensões de direção ou esportividade.

Um dos players mais vendidos do mercado americano, apesar do visual expressivo, o Camry usa motor 2.5 com CVT na maioria das versões e isso pode ter influenciado na escolha. Ele parte de US$ 25.845.

Toyota Prius

Partindo de US$ 25.075, o Toyota Prius é tido como um carro feito para quem não gosta de dirigir e por isso foi considerado sem graça, possivelmente agradando as novas gerações de condutores.

Tal como o modelo vendido aqui, seu motor 1.8 de 122 cavalos combinadamente e com baixo consumo de energia. Seu estilo ainda é exótico e pode não agradar muita gente.

Scion FR-S

Ele é um cupê esportivo com 200 cavalos, num motor boxer da Subaru, mas este carro que parece ótimo de andar, é tido como um carro lento e sem graça.

Nunca foi vendido no Brasil e apenas alguns jornalista andaram nele, mas alguns americanos não gostaram. Os preços começam em US$ 27.900.

Ford EcoSport

Já fora de linha, o Ford EcoSport é um dos carros sem graça da lista e não há uma razão real para isso, além do fato de ser um produto fora da cultura americana, onde é considerado um subcompacto.

Americanos não gostam de carros muito pequenos em sua maioria e a Ford desafiou isso com o EcoSport indiano, que chegou tarde por lá e durou pouco.

RAM 1500

RAM 1500 Tradesman, sem graça? O contraste aqui é interessante, pois, a opinião é que, por ser exatamente assim, ela se torna uma picape de trabalho real.

Bancos simples e resistentes, caçamba grande, rodas aro 18 com pneus altos e todos os detalhes feitos operar ferramentas, são sem graça para quem quer curtir, mas ótimos para quem trabalha.

Tesla (todos)

Sem brilho exterior e minimalista demais por dentro. Esta é a definição de alguns sobre os carros da Tesla atuais e, além da eletricidade, eles estão atraindo a antipatia de alguns grupos por lá.

Não é esse o caso, mas da proposta de smartphone com rodas (Apple motorizado?) e isso não tem agradado, fora a política excêntrica da Tesla…

Dodge Journey

Assim como o Trax, o Journey teve longa vida nos states — até mais — porém, já foi retirado após fazer hora extra por lá.

Muitos o enxergam como um carro da DaimlerChrysler e não gostam dessa lembrança. Foi vendido aqui por muito tempo também.

Kia Rio

Kia Rio terá duas versões no Brasil; confira os primeiros detalhes

Aqui quase não o vimos – e andamos pouco nele – mas nos states, a sensação parece a mesma, porém, lá ele continua a ser oferecido, mas alguns ainda acham que ele já está fora de linha.

O Kia Rio custa US$ 16.450 no sedã e um pouco mais no hatch, mas com motor 1.6 de 122 cavalos e câmbio manual ou automático, é um dos carros para quem está começando.

 

Acompanhe notícias em tempo real em nosso Instagram; clique aqui

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao