26 de Junho de 2022
icon facebook

GOIÂNIA

28 de Outubro de 2021, 09h:08 - A | A

DIRETO AO PONTO / FRAUDAVA DECISÕES

Juiz apontado por integrar quadrilha ganhava R$ 70 mil de salário

Além de Levine Artiaga, outras 18 pessoas também foram denunciadas, entre elas estão advogados e ex-policiais

DA REDAÇÃO




O juiz Levine Raja Gabaglia Artiaga que foi aposentado compulsóriamente, após ser denunciado pelo Ministério Público de Goiás (MPGO) por integrar uma quadrilha que falsificava decisões de paternidade causando prejuízo de R$ 18 milhões, recebia R$ 70 mil (de salário e benefícios), segundo informações do Portal Transparência.

No entanto, com a decisão do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), de quarta-feira (27), o magistrado receberá "apenas" R$ 30 mil. A aposentadoria compulsória é a pena máxima administrativa imposta a magistrados que infringem a lei. Além de Levine, outras 18 pessoas também foram denunciadas, entre elas estão advogados e ex-policiais.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

A ação da quadrilha foi destaque em uma matéria no Fantástico, da Rede Globo, no último dia 24.

Leia mais

Juiz acusado de fraudar decisões ganha aposentadoria de R$ 30 mil

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao