19 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

07 de Junho de 2022, 20h:26 - A | A

DIRETO AO PONTO / "RAINHA DA SUCATA"

Vereadora volta armar confusão na Câmara de Aparecida

DA REDAÇÃO



A vereadora Camila Rosa (PSD) não cansa de querer causar durante as sessões ao vivo na Câmara de Vereadores de Aparecida de Goiânia.

Depois de chorar, dizendo ter sofrido violência política por ser mulher, ter o microfone cortado pelo presidente André Fortaleza (MDB) e ouvir da Justiça que tudo não passou de exagero e vitimização(LEIA AQUI), agora, a edil se recusou a ler um projeto de lei só porque alguns vereadores não estavam, segundo ela, prestando total atenção. 

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

Tudo começou quando Camila fez uma pausa e o presidente pediu que continuasse.

"Pode continuar secretaria", diz Fortaleza.

Ela rebate: "Estou esperando alguém prestar atenção". 

Em seguida, o presidente pede novamente: "Pode prosseguir secretaria. A senhora não pode mandar nos vereadores, tem sua fala".

A vereadora então responde: "Não estou mandando não. Estou falando que o mínimo de respeito das pessoas é prestar atenção". 

Fortaleza tenta explicar, mais uma vez: "Aqui todo mundo fica no celular. Aqui ninguém sai do celular, então o que é respeito? Cada um tem uma definição".

Aí a vereadora faz um ataque pessoal. 

"É, o senhor não tem nenhum [ respeito]."

A verdade é que Camila está mais para "Rainha da Sucata" do que para vereadora. 

Para quem não lembra, a personagem da novela global sempre resolvia as suas questões armando barracos.

VÍDEO

A grande verdade é que Camila está mais para "Rainha da Sucata" do que para vereadora

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao