19 de Agosto de 2022
icon instagram icon facebook icon twitter icon youtube

26 de Julho de 2022, 09h:12 - A | A

DIRETO AO PONTO / VENEZUELIZAÇÃO

Real vira ouro em economias quebradas da América do Sul

REDAÇÃO G5



A venezuelização da Argentina e de outros países da América do Sul transforma esses lugares em destinos vantajosos para turistas brasileiros.

A desvalorização das moedas locais torna o Real a moeda mais forte do continente e a segunda mais usada e mais forte das Américas, atrás apenas do Dólar.

>>> Clique aqui e receba notícias de Goiás na palma da sua mão

>>> Acesse este link e siga a notícia em tempo real no Instagram

A combinação de fatores econômicos externos e crises políticas domésticas têm pressionado a cotação do Real e Dólar para cima.  

Segundo dados do site Decolar, cidades como Buenos Aires e Bariloche (Argentina), Santiago (Chile), Montevidéu (Uruguai) e Lima (Peru) estão, desde o início do ano, entre os destinos internacionais mais buscados por turistas do Brasil. 

Explicação é o Peso, moeda tradicional nesses países estar em queda livre devido à baixa liquidez da economia, a inflação galopante e a pífia reserva internacional, que deixa essas moedas sem lastro. Na Argentina, por exemplo, 1 ARG (peso) vale menos que R$ 0,04 centavos.

No Chile o Real é ainda mais forte, vale CLP 175,00. Não é por nada não, mas quase a totalidade da América Latina está pintada de vermelho.      

Comente esta notícia


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Av. T-4, Ed. Buena Vista Office Design - 16° andar - 1613 Goiânia - GO

(62) 3988-7592

reportermt
g5
conexao